Club de Jandaia do Sul

Circuito + Jandaia - Correndo, caminhando e pedalando contra a Polio

No dia 28/10/2018 ocorreu o evento Circuito + Jandaia, com mais de 400 participantes. Foi apoiado pelo Rotary Club de Jandaia do Sul, projeto desenvolvido em uma ação conjunta da comunidade, empresas e como base a UFPR de Jandaia do Sul. Este evento que foi a segunda etapa de um total de quatro etapas e faz parte da ação do RC de Jandaia do Sul como a campanha End Polio Now de erradicação da Poliomielite no mundo.

Postado em 29 de Outubro de 2018

Associacao de Senhoras de Rotarianos - ASR ganha premio nacional

As senhoras de rotarianos foram em um evento nacional em Fortaleza e la ganharam um premio pelo projeto "Cuca Fresca" aonde deixam a disposicao da populacao jandaiense uma geladeira estilizada com livros que podem ser retirados e doados.

Postado em 26 de Agosto de 2018

Seminário da Fundação Rotaria

O Rotary Club de Jandaia do Sul participam hj do seminário da Fundação Rotaria, onde se falou da grande importância dos projetos distritais e globais do Rotary para a comunidade mundial. 

Postado em 28 de Julho de 2018

GAs em Ação - Reginaldo Arias – Grupo 18: Colorado, Itaguajé, Santa Fé e Santo Inácio

Rotariano desde 2010, o governador assistente do grupo 18 foi presidente da comissão Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário (NRDC) 2012-13, presidente da Comissão de Imagem Pública 2013-14, presidente em 2015-16 e 2018-19 do Rotary Club de Santa Fé. “No início da quarentena, os clubes do meu grupo resistiram em fazer as reuniões on-line, mas com um pouco de diálogo através do whatsApp, começamos a fazê-las virtualmente. A troca de informações mais pontuais pelo whatsApp foi a alternativa para continuar os trabalhos rotários”, explica Reginaldo. Todos os eventos foram cancelados devido à pandemia, seguindo as orientações do Rotary International e não foram remarcados ainda. “Todos os clubes do grupo 18 estão arrecadando álcool em gel e máscaras para distribuir à comunidade, à APAE e à saúde pública. Em Itaguajé, os rotarianos fizeram também a campanha do lixo eletrônico”.  O Rotary Club de Colorado está fazendo junto à governadoria, o projeto para aquisição de material e equipamentos para o hospital Santa Clara juntamente com o Grupo 18. “As dificuldades estão em dar andamento às ações e promoções agendadas pelos clubes, então no momento, estão focando na prevenção do novo coronavírus junto à comunidade, com as devidas proteções e restrições”, explica.

Postado em 03 de Junho de 2020

Ver todos

GAs em Ação - Reginaldo Arias – Grupo 18: Colorado, Itaguajé, Santa Fé e Santo Inácio

Rotariano desde 2010, o governador assistente do grupo 18 foi presidente da comissão Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário (NRDC) 2012-13, presidente da Comissão de Imagem Pública 2013-14, presidente em 2015-16 e 2018-19 do Rotary Club de Santa Fé. “No início da quarentena, os clubes do meu grupo resistiram em fazer as reuniões on-line, mas com um pouco de diálogo através do whatsApp, começamos a fazê-las virtualmente. A troca de informações mais pontuais pelo whatsApp foi a alternativa para continuar os trabalhos rotários”, explica Reginaldo. Todos os eventos foram cancelados devido à pandemia, seguindo as orientações do Rotary International e não foram remarcados ainda. “Todos os clubes do grupo 18 estão arrecadando álcool em gel e máscaras para distribuir à comunidade, à APAE e à saúde pública. Em Itaguajé, os rotarianos fizeram também a campanha do lixo eletrônico”.  O Rotary Club de Colorado está fazendo junto à governadoria, o projeto para aquisição de material e equipamentos para o hospital Santa Clara juntamente com o Grupo 18. “As dificuldades estão em dar andamento às ações e promoções agendadas pelos clubes, então no momento, estão focando na prevenção do novo coronavírus junto à comunidade, com as devidas proteções e restrições”, explica.

Em 03/06/2020

GAs em Ação - Reginaldo Arias – Grupo 18: Colorado, Itaguajé, Santa Fé e Santo Inácio

Rotariano desde 2010, o governador assistente do grupo 18 foi presidente da comissão Núcleo Rotary de Desenvolvimento Comunitário (NRDC) 2012-13, presidente da Comissão de Imagem Pública 2013-14, presidente em 2015-16 e 2018-19 do Rotary Club de Santa Fé. “No início da quarentena, os clubes do meu grupo resistiram em fazer as reuniões on-line, mas com um pouco de diálogo através do whatsApp, começamos a fazê-las virtualmente. A troca de informações mais pontuais pelo whatsApp foi a alternativa para continuar os trabalhos rotários”, explica Reginaldo. Todos os eventos foram cancelados devido à pandemia, seguindo as orientações do Rotary International e não foram remarcados ainda. “Todos os clubes do grupo 18 estão arrecadando álcool em gel e máscaras para distribuir à comunidade, à APAE e à saúde pública. Em Itaguajé, os rotarianos fizeram também a campanha do lixo eletrônico”.  O Rotary Club de Colorado está fazendo junto à governadoria, o projeto para aquisição de material e equipamentos para o hospital Santa Clara juntamente com o Grupo 18. “As dificuldades estão em dar andamento às ações e promoções agendadas pelos clubes, então no momento, estão focando na prevenção do novo coronavírus junto à comunidade, com as devidas proteções e restrições”, explica.

Em 03/06/2020

Rotary Club Maringá Parque do Ingá - 23 anos

Prestando serviços humanitários há 23 anos Realizamos mais de 15 projetos de subsídio global e 30 projetos de subsídio distrital beneficiando milhares de pessoas em nossa comunidade. Transformamos a vida de 5 mil famílias por meio da doação de cadeiras de rodas com a participação de vários Rotary Clubes. Recebemos e enviamos mais de 20 jovens no Programa de Intercâmbio de Jovens, Programa de Intercâmbio de Serviços para Novas Gerações e Bolsa de Estudos em Universidades da Georgia/EUA. Unidos pelo ideal de servir.

Em 28/05/2020 por Rotary Club de Maringá-Parque do Ingá

Artigo por Mário César Camargo - Diretor do Rotary International: Rotary e Covid-19: Crise ou Oportunidade?

“Nunca desperdice uma boa crise” -  Winston Churchill. É o momento de fazer um balanço da gestão até ser atingida pelo tsunami do covid-19, até como referência histórica. Tenho minhas dúvidas sobre afirmações categóricas de que o mundo não será o mesmo após o fim da pandemia. O discurso era idêntico após o 11 de setembro de 2001, as viagens tornaram-se mais burocratizadas, os mecanismos de monitoramento “big brother” com reconhecimento facial disseminam-se pelo mundo, mas vida que segue. O choque da pandemia mudará o ambiente de negócios, haverá certa hesitação de contato físico no início, empresas quebrarão, o ambiente virtual ganhará milhões de neófitos, prioridades governamentais serão reavaliadas, líderes emergirão e submergirão, mas o ser humano continuará sua saga. Esperançosamente, mais solidário, mais conectado, mais ativo na sua comunidade. E o Rotary lucrará com esse movimento, desde que projetemos a imagem de instituição voltada ao melhoramento do ser humano, estampado no lema “Dar de si antes de pensar em si”. Uma entidade com gente de ação, atrativa para futuros rotarianos. Vamos lá, aos números. Relatório de gestão pode ser enfadonho, numérico, pouco inspirador, mas inevitável que mensuremos nossa trajetória até abril de 2020, para informar aos rotarianos da América do Sul. O que o Rotary está fazendo para combater a covid-19 em nível mundial? A Fundação Rotária aprovou até 15 de maio US$ 13,017 milhões em 157 projetos de subsídio global. Solicitações de subsídios de auxílio a desastre somam 300 no mundo, tendo 193 sido aprovadas, num total de US$ 4,807 milhões. Para os 45 distritos das zonas 23 e 24, Brasil e América do Sul espanhola, aprovaram-se 27 projetos, somando US$ 675 mil, fruto da agilidade dos governadores do continente ao requisitar esses fundos, alocados para quem primeiro chega; Qual o impacto da crise na captação de recursos da ABTRF/TRF no Brasil? Até 30 de abril, nenhum. O volume captado no período no ano 18-19 foi US$ 2,370 milhões, no ano atual US$ 2,404 milhões. Deve-se considerar que o dólar teve valorização de 42% no período, o que significa que a arrecadação cresceu na mesma proporção em reais, um feito a ser reconhecido; Como está o quadro associativo em nível mundial? Também para o limite de 30 de abril, o número de rotarianos cresceu 27.933 no mundo, o que poderia ser considerado alvissareiro. Acontece que, se comparado a abril de 2019, estamos 9.154 abaixo, o que vem ocorrendo há dois anos, uma tendência perigosa; Como está o quadro associativo no Brasil? 20 distritos ganharam sócios em relação a 1 de julho de 2019, mas 11 perderam, num crescimento líquido de pouco mais de 600 companheiros. Se levado em conta que o acréscimo chegará a mais de 2.000 em outubro último, é preocupante. Ainda mais com a eclosão da pandemia, com impacto ainda incerto no quadro associativo; O Rotary perderá membros em nível mundial? É a pergunta de 1 milhão de dólares, ninguém sabe, tendo em vista o ineditismo da crise, pelo menos nos últimos cem anos, desde a gripe espanhola de 1918-1920. Mas o Rotary tem estatísticas de 115 anos, e somente numa crise houve uma queda expressiva do quadro social, de 5,6% , nos anos 1932 e 1933, sequentes à depressão americana. O estatístico do Rotary projeta, com 95% de margem de acerto, que pode haver queda ou aumento do quadro de 1,8% nos próximos quatro anos. A ver; Haverá impacto na captação de recursos para a Polio? Ainda há tempo para reagir, mas o investimento em projetos da covid-19, no total de US$ 17,8 milhões mencionados acima, solapou as reservas que poderiam ser destinadas à Polio, para manter a equiparação de 2 para 1 com a Fundação Gates. Hoje, dia 19 de maio, faltam ainda US$ 16 milhões para chegar aos US$ 50 milhões do compromisso, e não podemos esquecer que para cada dólar do rotariano, faltarão dois dólares do lado Gates. Precisamos reagir, e rápido, faltando seis semanas para o término do ano rotário. O Rotary atravessou mais de um século de desafios, é nossa marca de nascença. Depressão, gripe espanhola, crise do petróleo, duas grandes guerras, que geraram frutos com digital do Rotary, como a UNESCO e a ONU. Tornamo-nos maiores diante da crise, afinal somos marinheiros de mares revoltos, não de piscina. Seguindo o pensamento do primeiro ministro inglês, que conduziu a Inglaterra no seu período mais turbulento, não desperdiçaremos uma boa crise. Sairemos dela maiores e mais fortes. Lutaremos em todas as “lives” possíveis para manter nossa equipe motivada, conectada, abrindo oportunidades. Até nos encontrarmos novamente para um forte abraço rotário. Sem covid-19.  

Em 27/05/2020

O ROTARY CLUB DE SANTA ISABEL DO IVAÍ REALIZA DOAÇÃO DE 95 LITROS ALCOOL 70 PARA A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DE SANTA MÔNICA.

No dia 20/05/2020, foi realizada a entrega de 19 galões de 5 litros de álcool 70 para a Secretaria Municipal de Santa Mônica, essa ação, foi viabilizada através de uma solicitação realizada pelo futuro presidente do Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí, Marcos José dos Santos, que tem buscado promover ações que contribua com a comunidade local considerando as necessidades da sociedade. E estiveram presentes no ato da entrega o atual presidente do Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí, Renato Costa Nunes e o companheiro e futuro presidente do Rotary Marcos José dos Santos e representando a Secretaria Municipal de Saúde, Regiane Aparecida Alcantara e Emily Gois Silva. “O Rotary de Santa Isabel do Ivaí sempre presente na comunidade e cumprindo seu papel de "Dar de Si sem pensar em Si", para juntos Conectarmos o Mundo”.

Em 24/05/2020 por Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí

Reuniões Quintas-Feiras | 20:00
R. Dr. Clementino S. Puppi,631 Cep: 86900-000